TRANSFERENCIA DE EMBRIÕES EM EQUINOS

transferência de embriões (TE) é uma técnica muito utilizada na reprodução equina, juntamente com a inseminação artificial (IA). Isso porque hoje se tem acesso à coleta de sêmen, que pode ser usado fresco, resfriado ou congelado, assim possibilitando à globalização da criação mundial e as maiores taxas de fertilidade por meio das mais variadas técnicas de seleção, coleta, transporte de material genético.

Foi desenvolvida na década de 70 a técnica de TE não cirúrgica e em 1987 foram realizados os primeiros trabalhos que envolviam a técnica em equinos. Hoje o Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking dos países com maior número de TE realizadas ao ano.

Técnica de reprodução animal assistida, a TE tem como objetivo retirar o embrião da égua doadora previamente inseminada com o garanhão escolhido, para que o embrião seja transferido para a fêmea receptora, que deve apresentar boa qualidade uterina e habilidade materna.

As vantagens apresentadas pela TE são a obtenção de mais de um produto ao ano de animais de grande valor, obtenção de produtos de fêmeas que por algum motivo não possam levar uma gestação, como éguas em idade avançada ou produtos de éguas que estão em competições e outras.

Powered by Web Agency

 

.
.

Copyright © Ultrassom Veterinário. Todos os Direitos Reservados.